Arquivo da categoria ‘Psicodelia’

Conheci essa banda do jeito mais bizarro até então: assistindo Sem Destino do Multishow– sim é aquele programa com as três gostosas andando de bicicleta-. Escutei trechos de uma música que acabei descobrindo que se chamava “Felicia”, uma balada animada com pegada de algo que você escutaria num filme do Tarantino com uma espécie de hip-hop que quase me fez achar que se tratava de Smash Mouth.

Como eu estava enganado! Ao contrário desse grupo do lado tosco dos 90, esses caras tem um som bem interessante, que mesmo com um quê retrô trazem novos ares ao rock e a música pop em geral. A psicodelia é misturada com soul, hip-hop, rock e a voz rouca do vocalista Elijah Jones desde a primeira faixa “Set Back”– onde o psicodelismo atinge alto nivel- à balada levada no piano que encerra o álbum com maestria “On My Way Up”.

Enfim, uma dessas bandas que você encontra do nada e se surpreende! Acho que quem curte Asteroids Galaxy Tour e trilhas de Taratino vão curtir essa. Vale também chamar atenção pras ilustres parcerias do rapper Asher Roth– que ainda está nos devendo um cd esse ano- e o cantor Cee-Lo-Green (do Gnals Barkley).

Southern Gothic

  1. Setback
  2. Perfect Day
  3. Love Is a Murder (feat. Cee-Lo-Green)
  4. December
  5. Take a Ride
  6. We’re Here To Save The Day (feat. Asher Roth)
  7. Felicia
  8. Step Right Up
  9. What I See
  10. Weighing Me Down
  11. On My Way Up

http://kat.ph/the-constellations-southern-gothic-t3803579.html

Clipe de “Felicia”, com a pegada retrô setentista característica da banda e referencias mais do que claras ao clássico James Bond:

WZRD

Publicado: fevereiro 29, 2012 em Internacionais, Psicodelia, Rock'n Roll

Tava esperando esse álbum desde que ouvi falar nesse projeto paralelo do rapper Kid Cudi com o produtor Dot da Genius. A dupla se autodenominou WZRD (sigla pra “wizard”), inspirado na música de mesmo nome do Black Sabbath.

O álbum foi lançado oficialmente ontem e parei pra ouvi-lo hoje. É bem interessante como tudo em que o Kid Cudi se mete. Porém embora ele caia mais pro lado do rock alternativo (talvez inspirado por afins como NIN), eu não vi muito o propósito de um projeto paralelo, tendo em vista que em sua carreira solo ele já abusa da psicodelia, canta em vez de rimar em muitas músicas e inclusive toca guitarra em algumas.

Mas enfim, ótimo álbum, muita música boa e louca, só não curti muito a versão deles de “Where Did You Sleep Last Night?” que se eternizou na versão clássica do Nirvana em seu álbum acústico. Mas sinceramente barrar ou mesmo atingir o mesmo nível que o Nirvana conseguiu naquela performance seria impossivel, então está desculpado.

WZRD

  1. The Arrival
  2. High Off Life
  3. The Dream Time Machine
  4. Love Hard
  5. Live & Learn
  6. Brake
  7. Teleport 2 Me, Jamie
  8. Where Did You Sleep Last Night?
  9. Efflictim
  10. Dr. Pill
  11. Upper Room

http://kat.ph/wzrd-wzrd-t6202139.html (link do Kick Ass Torrentz não se preocupem)

Mac Miller

Publicado: dezembro 9, 2011 em Internacionais, Psicodelia, Rap/Hip Hop

Esbarrei outro dia com o som desse moleque de apenas 19 anos, que assinou contrato com a Rostrum Records– gravadora local de seu lugar de origem Pittsburgh, Pennsylvania– ano passado e continua com ela até hoje, divulgando seu trabalho principalmente pelas redes sociais, de forma quase independente.

Pra quem ve de cara logo pensa: “mais um branquelo metido a rapper da Pennsylvania, como o Asher Roth“. E sim talvez músicas como “Up All Night” e “Party On Fifth Ave” remetam ao primeiro sucesso do outro rapper “I Love College”, mas a pegada desse cd de estréia é bem diferente de seu conterraneo. Obviamente que os temas não são muito abrangentes tendo em vista que o moleque tem 19 anos, e tampouco da vertente mais consciente, ou gangsta do rap, afinal ele é um moleque branco de Pittsburgh. Mas o que realmente chamou a atenção são as bases bem chill outs– algumas desconfio que roubadas de umas músicas do Shing02 produzidas pelo Nujabes– assim como seu tom de voz e o seu flow, o que torna a música perfeita pra relaxar e mostra claramente sua inflencia de rappers alternativos como Big L e A Tribe Called Quest.

Enfim, pra um moleque de 19 anos essa foi uma boa estréia. O que resta é esperar e ver oque mais ele vai ter a oferecer a música a exemplo do Asher que com “G.R.I.N.D.” surpreendeu a todos com sua evolução e promete um novo cd ainda melhor que o primeiro!

Blue Slide Park

  1. English Lane
  2. Blue Slide Park
  3. Party on Fifth Ave.
  4. PA Nights
  5. Frick Park Market
  6. Smile Back
  7. Under The Weather
  8. Of The Soul
  9. My Team
  10. Up All Night
  11. Loitering
  12. Hole in My Pocket
  13. Diamonds & Gold
  14. Missed Calls
  15. Man in the Hat
  16. One Last Thing

http://www.torrentdownloads.net/torrent/1653278320/Mac_Miller-Blue_Slide_Park-%28RapGodFathers+info%29

Eis que eu descubro essa madrugada que o estúdio que o Josh Homme (Queens of Stone Age) tem no deserto- aquele que ele levou os Artic Monkeys pra gravar o “Humbug”– deu origem ao “The Desert Sessions”, uma espécie de coletivo musical contando com músicos de PJ Harvey ao Nick Oliveri (ex- Queens Of Stone Age).

Baxei uma coletanea com todas as gravações do “Volume 1: Instrumental Driving Music For Felons” ao “Volume 10: I Heart Disco” e devo dizer que é muito interessante! Lógico que vindo de Josh Homme tem todo aquele experimentalismo non-sense que ele usa em todos seus projetos. As músicas vão do punk rock (“Jr. High Love”), a psicodelia (“Up In Hell”), e o rock alternativo– da mais interessante que ouvi até o momento- (“Like a Drug”).

Enfim, pra quem curte um rock bem louco, experimental tai uma ótima pedida. Vale muito a pena o confere!

Obs: não porei todos os titulos e músicas porque são 10 porras de albuns!

The Desert Sessions

http://www.torrentdownloads.net/torrent/1650984900/Desert+Sessions+Discography

Banda de rock’n roll formada em San Francisco, California em 98.

Já tinha ouvido falar nela, mas até hoje não tinha tido a oportunidade de parar pra ouvir direito. Acontece que hoje passei o dia (e passarei a noite) acompanhado o festival SWU, e essa tarde eles tocaram. Achei o som dos caras muito bom, uma mistura de garage, com rock classico e um pouco de psicodelia, de cara lembrei dos Black Keys; e os próprios citam que suas influencias vão de Oasis aos Rolling Stones, passando por Velvet Underground e The Verve.

Enfim, esse é o cd mais recente, lançado em 2010. Eles tocaram algumas dele hoje como a homonima que abre o album “Beat The Devil’s Tattoo”, uma das melhores ao lado, na minha opinião, de “Aya”. Mas o cd inteiro é bem interessante, tem duas acústicas belissimas- “Sweet Feeling” e “The Toll”– e o piano de “Long Way Down”, uma balada que estranhamente me lembrou “Let There Be Love” do Oasis. Banda de rock’n roll mesmo do tipo raro hoje em dia, vale o confere!

Beat The Devil’s Tattoo

  1. Beat The Devil’s Tattoo
  2. Conscience Killer
  3. Bad Blood
  4. War Machine
  5. Sweet Machine
  6. Evol
  7. Mama Taught Me Better
  8. River Styx
  9. The Toll
  10. Aya
  11. Shadow’s Keeper
  12. Long Way Down
  13. Half-State

http://www.torrentdownloads.net/torrent/1651046986/Black+Rebel+Motorcycle+Club+Beat+The+Devils+Tattoo%282010%29

Filho mais novo do mestre Bob Marley, sim, um dos vinte e poucos, e mais um fora do casamento, nesse caso com a Miss World de 1976 Cindy Breakspeare.

Assim como o resto dos filhos do rei do reggae, ele usa o sobrenome Marley e tem muito da influencia do pai, que homenagea constantemente- o primeiro cd, Mr. Marley,  era quase inteiro de suas próprias versões da musica do pai, com um pouco do hip-hop que usaria futuramente. Sinceramente achei esse cd, o primeiro que baixei também, muito fraco, porque se é pra escutar Bob Marley, eu pego um cd do Bob! Queria escutar algo diferente.

Há muitos anos atrás tive contato com a música “Welcome To Jamrock” que misturava perfeitamente o reggae com o hip-hop de uma forma que só mestres como Matisyahu conseguem. O fato é que só consegui o link pra ele hoje. To terminando de escutar agora e o cd é muito bom! Até agora a faixa homonima e a versão de “Pimpa’s Paradise” junto com o irmão Stephen Marley foram as que mais chamaram atenção, mas o cd inteiro ta muito foda! Conta inclusive com a participação do Nas com quem mais tarde gravaria o “Distant Relatives”.

Enfim uma obra prima de reggae com hip-hop! Vale o confere!

Welcome To Jamrock

  1. Confrontation
  2. There For You
  3. Welcome To Jamrock
  4. The Master Has Come Back
  5. All Night
  6. Beautiful
  7. Pimpa’s Paradise
  8. Move!
  9. For The Babies
  10. Hey Girl
  11. Road To Zion
  12. We’re Gonna Make It
  13. In 2 Deep
  14. Khaki Suit

http://www.torrentdownloads.net/torrent/1650800335/Damian_Marley-Welcome_to_Jamrock-Promo_CD-2005-GMG

Yuck

Publicado: novembro 8, 2011 em Internacionais, Psicodelia, Rock'n Roll

Banda interessante que o Goo MTV me apresentou- sim meus amigos, MTV está voltando a ser um canal decente de música!

Não foi preciso chegar a terceira música para ver uma influencia clara: Sonic Youth. Estão ali nas guitarras distorcidas, na voz anazalada do vocalista e mesmo numa baixista feminina, que eventualmente canta.

Enfim, se me trouxessem esse album com o nome do Sonic Youth eu acreditaria por uns instantes. Depois veria que ainda está pop demais pra esses veteranos do rock alternativo, e do experimentalismo, que muitas vezes chega a um nivel inaldivel.

Mas vale a pena o confere, cd bem relax, primeiro deles, lançado esse ano. Tem a música “Get Away” que provavelmente vocês reconhecerão das chamadas na MTV, mas tem mais coisa interessante.

Yuck

  1. Get Away
  2. The Wall
  3. Shook Down
  4. Holing Out
  5. Suicide Policeman
  6. Georgia
  7. Suck
  8. Stutter
  9. Operation
  10. Sunday
  11. Rose Gives a Lilly
  12. Rubber

http://www.kat.ph/yuck-yuck-2011-t5196992.html